fbpx

Intercâmbio e Cursos para Estudar e Trabalhar na Austrália

Tasmânia

Montanhas acidentadas, pastagens onduladas, uma densa e antiga floresta e praias de areias brancas fazem da ilha da Tasmânia o local perfeito para passar férias.

Localizada ao sul do continente australiano, a Tasmânia é uma das mais pitorescas ilhas do mundo. Montanhas acidentadas, pastagens onduladas, uma densa e antiga floresta e praias de areias brancas fazem desta ilha o local perfeito para passar férias. A Tasmânia possui um passado muito original. Inicialmente estabelecida como uma colônia penal em 1803, as marcas do legado dos prisioneiros aliadas às características deixadas pelos colonizadores livres estão evidentes nas construções georgianas e vitorianas.

Em meio a um cenário incomum, a visão e o paladar dos visitantes não terão do que se queixar. O ar puro, as águas límpidas e frescas e o fértil e rico solo se combinam para produzir um vinho de primeira classe. Viaje até Strahan, bem ao oeste da Tasmânia, onde as árvores crescem fortes e bastante altas. Siga ao leste, em direção a uma área de praias perfeitas e um mar turquesa para se maravilhar em Wineglass Bay e em Bay of Fires. No caminho, visite a Cradle Mountain, que se eleva acentuadamente acima do intocado Lago Dove. Assuma o desafio de uma caminhada de 5 dias pela Overland Track, trilha que atravessa a floresta tropical, ou pegue o caminho mais fácil e faça um vôo panorâmico para o sudeste sobre este Patrimônio Histórico da Humanidade. A flora e a fauna da Tasmânia são surpreendentemente acessíveis. Com uma hora de viagem de carro da capital, Hobart, ou da segunda mais importante cidade, Launceston, os visitantes já estarão nas florestas nativas.

Alinhada na base do Monte Wellington Hobart surge às margens do rio Derwent. Barcos pesqueiros, iates, navios com 100 anos e navios exploradores da Antártida estão atracados lado a lado em seu porto. A cada ano novo o cais se enche de vida para festejar a conclusão da corrida de iates entre Sydney e Hobart.

A Sullivans Cove, parte central à beira-mar, é circundada pela antiga Hobart (Old Hobart) – a Parliament House e os antigos armazéns de arenito de Salamanca Place, que hoje abrigam galerias de arte, restaurantes e lojas de artesanato. Próximo a este local, encontra-se o Theatre Royal, o teatro australiano mais velho em funcionamento. Todos os sábados, visitantes e nativos percorrem o Salamanca Market em busca de pechinchas entre as várias ofertas de artesanato local, alimentos frescos, flores, livros e roupas. Próximo ao mercado, está localizada a vila de Battery Point, a qual é predominantemente residencial, com mais de 400 prédios históricos ainda em utilização. Siga os passos de Ned Kelly, ladrão mais conhecido do país e executado em 1880, e explore à pé o local a partir de Salamanca Place. Não deixe de visitar o Arthur’s Circus, um povoado de trabalhadores com graciosos chalés.

O Royal Tasmanian Botânical Garden abriga numerosos tipos de plantas nativas e exóticas. A poucos passos dali, o Tasmanian Museum and Art Gallery exibe um impressionante acervo de Arte Colonial e História Natural e Cultural.

Hobart é famosa por seus excelentes restaurantes. Escolha um entre uma grande variedade deles ao redor de Salamanca Place, ou visite Elizabeth Street ao norte de Hobart. Huon Valley, a 40 minutos ao sul de Hobart, possui diversos pomares, fazendas de criação de salmão e plácidos canais. Pegue a estrada costeira da ilha para apreciar belas paisagens, visite a Bruny Island (Ilha de Bruny), conheça as cavernas de Hasting Caves e banhe-se em uma piscina de águas termais, além de caminhar até Cockle Creek, a parte mais sul da Austrália.

Launceston e o Leste

A costa leste possui o ar mais agradável da Tasmânia, com praias imaculadas e de areias brancas banhadas pelo mar de água turquesa. Visite o Freycinet National Park e conheça a maravilhosa Wineglass Bay. Mais ao norte ficam a Bay of Fires, Mt William e os Parques Nacionais de Douglas Apsley. Pegue o ferry-boat até o Parque Nacional de Maria Island, uma delas é caminho para as regiões do Central Plateau e dos Great Lakes (Grandes antigas penitenciárias da Tasmânia).

Launceston, a 2 horas ao norte de Hobart, é o ponto de saída para a exploração das vinícolas do Tamar Valley, das históricas propriedades de Woolmers e Brickendon, e do charmoso distrito de Evandale, lugar do Campeonato Anual de Penny Farthing. Conheça a flora e a fauna do Narawntapu National Park e pesque nos London Lakes Launceston preservou sua herança colonial. Visite o Design Centre of Tasmânia e o Wood Design Collection para conhecer o artesanato local. A Catarac George, com seus jardins, trilhas para caminhadas, pontes suspensas e teleféricos, está a apenas alguns minutos do centro da cidade. As cidades históricas se multiplicam ao longo da Heritage Highway, entre Hobart e Launceston.

Derwent Valley

O Vale do Derwent, ao noroeste de Hobart, é uma área de campos, antigas fazendas de lúpulo com fornos para secagem e vilas pitorescas. New Norfolk é uma cidade histórica com caminhos ao longo do rio. No Parque Nacional de Mt. Field, a 1 hora da capital, pegue uma das muitas trilhas, como a Creepy Crawly ou Tall Trees. O Derwent Valley Lagos. São locais excelentes para pesca de trutas, alguns deles pertencentes aos hotéis de pesca da região.

O Oeste

Deloraine possui várias construções georgianas e vitorianas restauradas, artistas e artesãos. Entre em um fascinante mundo subterrâneo em Solomons e Marakoopa Caves, cavernas situadas em Mole Creek. O Cradle Mountain-Lake St. Clair National Park, que está a aproximadamente 1 hora de viagem ao oeste, é reconhecido como símbolo internacional do meio ambiente da Tasmânia. Nesta área, encontramos o pico culminante do estado, Mount Ossa, a famosa Craddle Mountain, o Dove Lake, além do Overland Track – trilha que atravessa a floresta tropical e que liga Craddle Mountain ao St Clair Lake. As cidades de Queenstown e Zeehan foram construídas a partir das riquezas da extração e exploração de zinco e cobre.

Visite o Pioneer Museum em Zeehan, siga para o ainda selvagem litoral e para Strahan, às margens do Porto de Macquarie Neste lugar isolado existia, no passado, a penitenciária de Sarah Island. Atualmente, os visitantes têm livre acesso para o Franklin-Gordon Wild Rivers National Park, ali localizado. Faça um vôo panorâmico e um passeio de barco no Gordon River. Fique mais tempo e viva as emoções do rafting no rio Franklin Participe também de um tour com carros off-road ou simplesmente caminhe ao longo da maravilhosa Ocean Beach. Vá até Stanley, bem ao noroeste, e pegue um teleférico para o The Nut, o promontório rochoso formado de lavas vulcânicas solidificadas.

King e Flinders Islands

King Island – As ricas pastagens e águas cristalinas, bem como os queijos, nata e lagostins desta ilha ao noroeste da Tasmânia, fazem do lugar uma fonte de comida de alta qualidade. Mergulhe próximo aos recifes e vários navios naufragados e aproveite a vida selvagem.

Flinders Islands é um local intocado. Os visitantes podem fazer snorkel, nadar ou mergulhar, andar pelas praias ou pelas montanhas.

Como se locomover

  • O Aeroporto Internacional de Hobart está a 22 km da cidade. O custo do traslado é de aproximadamente A$ 7 de ônibus e A$ 30 de táxi, e dura em tomo de 20 minutos.
  • O navio de passageiros e de veículos Spirit of Tasmânia parte de Melbourne para Davenport, na costa norte da Tasmânia, 3 vezes por semana. Existem viagens extras nos períodos de pico. A travessia noturna leva 14 horas. A tarifa inclui acomodações, café da manhã e jantar.
  • De dezembro a abril, o catamarã “Travel Cats” viaja entre Melbourne e George Town. A duração é de 6 horas.
  • Qantas, Southern Austrália Airlines e Kendell são as companhias aéreas que conectam a ilha ao continente.
  • O clima da Tasmânia é temperado, com 4 estações bem definidas. Os verões são agradáveis e ensolarados, com temperaturas médias de 25°C, e os invernos, chegando a 10°C, são revigorantes, frios e secos, comum pouco de neve nos topos das montanhas.

O que ver e fazer

  • Dirija-se ao topo do Monte Wellington para uma vista espetacular de Hobart e do Derwent River.
  • Viaje até o mais frio e isolado continente no Antartic Adventure Centre em Hobart.
  • Faça parte de uma expedição de pesca pelos ribeirões e lagos do distrito da Tasmania’s Central Highland, ou vá participar de campeonatos de pesca na costa leste.
  • Fique amigo da fauna e flora e conheça o Demônio da Tasmânia – um pequeno marsupial.
  • Participe de uma viagem de barco ou vôo panorâmico sobre o Gordon Wild Rivers National Park, inscrito na lista do Patrimônio Histórico da Humanidade.
  • Em Port Arthur, conheça e aprenda tudo sobre a histórica penitenciária da Austrália.

Fonte: Guia Austrália

+20 Anos
No Mercado
Lider no Google
entre as agências de intercâmbio
+2,500
Clientes Anuais
+40,000
Leads por Ano
10 Websites
Especializados
+250 Pacotes
de intercâmbio
Top Destinos
pelo mundo
Ferramentas
de última geração
+ Anos
No Mercado

Líder no Google

Entre agências

+
Leads por Ano
Websites
Especializados
20 Anos