fbpx

Intercâmbio e Cursos para Estudar e Trabalhar na Austrália

Darwin

Grandes regiões do deserto de areia avermelhada contrastam com a exuberante floresta tropical, pântanos abundantes em vida selvagem nativa, cachoeiras e belas formações rochosas.

O Northern Territory estende-se da linha costeira central até os desertos acidentados do Red Centre do Outback da Austrália. O resplandecente Mar de Arafura envolve a linha costeira enquanto o Deserto (Outback) estende-se sobre seu coração. Grandes regiões do deserto de areia avermelhada contrastam com a exuberante floresta tropical, pântanos abundantes em vida selvagem nativa, cachoeiras e belas formações rochosas.

Em Top End o clima é tropical.

Ha um período de seca, entre maio e outubro – dias ensolarados, com noites mais frias e temperaturas variando entre 19°C e 33°C. Entre novembro e abril o verão é tropical – clima quente e úmido, com pancadas de chuvas no período da tarde, com temperaturas variando entre 26°C e 33°C.

Red Centre é uma típica região desértica.

Há pouca incidência de chuva, o verão é prolongado. Temperaturas Médias: Verão: mínima de 26°C, máxima de 40°C Inverno: mínima de 5°C, máxima de 20°C.

Para mais informações sobre Northern Territory, visite: www.australia.com

O Top End

Parques nacionais, como o Kakadu e o Litchfield, refletem a mudança periódica de humores do Top End. Embora haja uma parte selvagem, pode-se encontrar várias opções de acomodação no Top End. Darwin, a capital do território, é a parte central da região e o ponto de partida para várias atrações. A rede de transporte é excelente: rodovias, serviços diários de ônibus, aeroporto internacional, charretes, aluguel de carros, limusines, visitas com guias entre outros.

Darwin

Darwin é a capital mais ao norte da Austrália, informal, multicultural, moderna e hospitaleira com o turista. Conhecer a cidade inclui a visita ao Cais Wharf Precinct, ao Museum and Art Gallery of the Northern Territory (Museu e Galeria de Arte do Território do Norte), o Aquascene, onde é possível alimentar os peixes na maré alta; jantar na sofisticada Marina de Cullen Bay, ou caminhar no Darwin Botanic Gardens (Jardim Botânico de Darwin). O passado militar de Darwin durante a Segunda Guerra Mundial está exposto no Australian Aviation Heritage Centre e no Museu Militar de East Point. Conheça a fauna no Territory Wildlife Park (Parque de Vida Selvagem do Território), na Darwin Crocodile Farm (Fazenda de Crocodilos de Darwin) e no Crocodylus Park (Parque dos Crocodilos).

Parques Nacionais

Kakadu, Nitmiluk (Katerine Gorge) e Litchfield são parques nacionais a três horas de carro de Darwin. Os parques nacionais de Elsey, Gregory e Keep River vão de sul a oeste de Katherine, a segunda maior cidade de Top End, que também apresenta uma bela paisagem e fauna tropical.

Outros Locais para Visitação

Parque Nacional de Litchfield: a duas horas de carro ao sul de Darwin, oferece rochas (arenitos) desgastadas pelo tempo, lindas cachoeiras, locais seguros para nadar, floresta tropical, fauna variada e trilhas para caminhada. Patrimônio Mundial por sua beleza natural e seu significado aborígene, o Parque Nacional de Kakadu, a 257 km ao oeste de Darwin, apresenta arte antiga em rocha e pântanos com variada vida selvagem. Há cruzeiros pelo Rio East Alligator e pelas várzeas de Yellow Water.

Katherine, a 314 km ao sul de Darwin é a porta de entrada para os desfiladeiros de Katherine (Katherine Gorge) (Nitmiluk). Fica num local propício para a exploração das Cavernas Cutta Cutta, as Cachoeiras Edith, a Piscina Térmica Mataranka, o Golfo e as regiões do Rio Victoria, incluindo o Parque Nacional de Gregory.

Para conhecer a cultura aborígene, visite as Ilhas de Bathurst e Melville, a 80 km ao norte de Darwin, terra dos aborígenes Tiwi há milhares de anos.

A Península de Gove (Nhulunbuy) está localizada na parte nordeste de Arnhem Land a 650 km de avião de Darwin. Rica na herança aborígene Nhulunbuy é conhecida pela pesca, mergulho e ecoturismo.

Remota e com muitos acidentes geográficos, a Península de Cobourg só pode ser visitada de jipe com tração nas quatro rodas ou de avião (de Darwin, vôo charter de 30 minutos). Divirta-se em caminhadas, pesca e fotografia.

O Red Centre

A Austrália Central é o coração do país e o maior destino de férias da Austrália. Lá encontram-se as famosas Ayers Rock/Uluru, os Kings Canyons, o Vale Palm, as Cadeias de Montanhas MacDonnell a leste e a oeste e os intrigantes Devils Marbles (mármores).

Alice Springs é uma capital de fronteira fundada no fim do século XIX, quando a estação da rede telegráfica que interligava o país foi construída. Visite a Telegraph Station Historical Reserve (Reserva Histórica da Estação Telegráfica), onde os prédios e equipamentos originais foram restaurados.

Alice Springs tem muitos aspectos culturais do centro do país, como a Alice Springs Precinct (Feira Cultural de Alice Springs), o National Pioneer Woman’s Hall of Fame (Hall da Fama das Mulheres Pioneiras), o Road Transport Hall of Fame (Hall da Fama do Transporte Rodoviário) e o Panorama Guth.

Passeie de camelo pela ou manhã à noite, visite o Alice Springs Desert Park (Parque Desértico de Alice Springs) com espécies raras e ameaçadas de extinção, aviários e uma das maiores casas noturnas no deserto do mundo.

Outras opções de Passeios

A Cadeia de Montanhas MacDonnell é o pano de fundo para Alice Springs; a sua parte leste é conhecida como a terra do ouro e das pedras preciosas. A parte oeste das Mac Donnell Ranges e o National Park (Parque Nacional) apresentam atrações famosas da parte Central da Austrália, como os Simpsons Gap (Desfiladeiros Simpsons), o Ellery Creek Big Hole (Riacho Ellery), o Ormiston Gorge e Pound (Desfiladeiro Ormiston), a Ochre Pit (Mina Ocre) e o Helen Glen (Vale Helen) o Stanley Chasm (Abismo Stanley), os Redbank and Serpentine Gorges (Desfiladeiros de Redbank e Serpentine). Para quem gosta de caminhadas há a famosa trilha da Larapinta.

Os Kings Canyon (Desfiladeiros Kings) estão localizados no Parque Nacional de Watarrka e são de fácil acesso. Andando aproximadamente 1,6 km e a 300m e desfrute da belíssima visão do fundo do vale. Visite a Lost City (Cidade Perdida) e os Eden Gardens (jardins do Éden), conhecidos pelas exuberantes e antigas palmas.

Dentro do vasto Parque Nacional de Uluru-Kata Tjuta, 461 km a sudoeste de Alice Springs, estão muitos locais sagrados dos aborígenes e formações rochosas famosas como as Olgas/Kata Tjuta e as Ayers Rocks/Uluru, o maior monolito do mundo. De cor avermelhada, ergue-se a 348 m das areias do deserto. Uma visita a Ayers Rock com um guia aborígene é recomendada.

O Resort de Ayers Rock é próximo e oferece uma grande quantidade de acomodações. Mais a oeste se encontram os picos avermelhados da Montanha Olga/Kata Tjuta. Ande pelo Valley of the Wind (Vale dos Ventos) ou o Olga Gorge (Desfiladeiro Olga) e aproveite o cenário e o pôr-do-sol.

O Deserto Simpson, que se encontra entre Ayers Rock e Alice Springs tem como atração Chambers Pillar, o Rainbow Valley (Vale do Arco-íris) e os entalhes em Ewaninga Rock Carvings (Pedra Ewaninga).

Localizada ao norte de Alice Springs, encontra-se a segunda maior cidade da Austrália Central, Tennant Creek, conhecida pela história da corrida do ouro. Descubra o balanço Devils Marbles

Como se locomover em Darwin

  • O aeroporto de Darwin está a 12 km da cidade. O traslado custa aproximadamente A$ 6 de ônibus e A$ 30 de táxi. Tempo: 15 minutos. O clima do Top End é tropical. De maio a outubro a estação é seca – dias quentes com noites frias. Máxima de 40°C e mínima de 26°C. A estação tropical, de novembro a abril, é um período de chuva refrescante e de grande luminosidade. A máxima é de 33°C e a mínima, 26°C.

O que ver e fazer em Darwin

  • Nos mercados de Mindil Beach Sunset as diversas culturas do território estão representadas nas cozinhas exóticas (somente de abril a outubro).
  • Descubra a área de Arnhem Land, incluindo a Península de Gove e o Parque Nacional de Gurig. Conheça a cultura aborigine, o cenário antigo e o ecoturismo.

Como se Locomover em Alice Springs

  • O aeroporto se localiza a 17 km ao sul da cidade. O traslado custa aproximadamente A$12 de ônibus e A$ 28 de táxi. Tempo: 20 minutos.
  • O ônibus liga o centro da cidade aos subúrbios.
  • O clima do Red Centre é árido. O ar frio, seco e puro somado com os dias quentes e as noites frias dão toque ao magnífico clima desértico. No verão a máxima é de 45°C e a mínima é de 21°C; no inverno a máxima é de 26°C e a mínima é de 8°C.

O que ver e fazer em Alice Springs

  • Visite a School of the Air (Escola do Ar) e o Royal Flying Doctor Service (Serviço Médico Aéreo).
  • Descubra o meio-ambiente desértico do Alice Springs Desert Park (Parque do Deserto de Alice Springs).
  • Para conhecer as galerias de arte aborígene visite as lojas de Todd Street.

Fonte: Guia Austrália

+20 Anos
No Mercado
Lider no Google
entre as agências de intercâmbio
+2,500
Clientes Anuais
+40,000
Leads por Ano
10 Websites
Especializados
+250 Pacotes
de intercâmbio
Top Destinos
pelo mundo
Ferramentas
de última geração
+ Anos
No Mercado

Líder no Google

Entre agências

+
Leads por Ano
Websites
Especializados
20 Anos